04 março 2007

AINDA A VIOLÊNCIA SOBRE OS PROFESSORES

Aluno para a professora:
- "Não quero alarmá-la, mas o meu pai diz que se as minhas notas não melhorarem, alguém vai levar uma sova!"

13 comentários:

Thunder disse...

Pois...da maneira que isto vai, os professores vão andar a "educar" para "inglês ver"! Ainda dizem que querem melhorar o ensino!!!Estão a piorar!

Sandokan disse...

Isto vai mal no reino do professorado.


Dedico o meu post " A MINHA CONTA CORRENTE " a um Homem como tu ZÉ PEDRO que tens uma forma bem peculiar de estar na vida.

www.lusoprosecontras.blogspot.com

Um grande abraço.

Diabba disse...

melhor seria "se as notas não subirem duas pessoas vão levar uma sova" hihihihihi
1 - no prof. pq o nivel de ensinamento anda uma desgraça;
2 - no aluno por o nivel de aprendizagem já não é uma desgraça, simplesmente não existe, não querem saber e têm raiva de quem sabe!!

Agora a sério: Isto devia delevar uma volta! esta coisa de irem passando os alunos sem eles saberem nada de nada é triste, vejo por uns mafarricos que eu conheço, no meu tempo ainda estariam na 1ª classe, mas como em Portugal a politica é "livro-me do burro e passo à frente"... fico abismada com o k vejo, miudos com 12 anos que não sabem ler (conhecem as letras, sabem juntá-las, papagueiam as palavras, mas não sabem o k significam), não sabem nada!!

uns acoites em todos e era pouco!!

Topo de Gama disse...

Sim.. Realmente.. O ensino só la vai com politicas duras!! e cada vez mais me parece que nao sera só o ensino...

White_Fox disse...

Nunca estive numa escola onde ouvesse violência. Apenas me lmebro no 9ºano de um gajo dar um murro a uma stôra. Foi expulso da escola.
Mas de resto a minha zona não é conflituosa. Nada mesmo!

Rafeiro Perfumado disse...

Um dia ainda vão defender umas cabinas à prova de bala para os professores, do género dos táxis.

Luz disse...

Passa-se do 8 ao 80. Antigamente era o oposto, era levar e calar, ainda levei algumas vezes com o livro de ponto na cabeça por ter umas continhas erradas, e olha que quando tinha ganchos ou algo do genéro ainda doía mais, chegava a ferir-me, e eu estúpida guardava para mim, não contava a ninguém. Não concordo de todo com isso e não admitia que o fizessem ao meu filho. Olha que ainda hoje me lembro da cara da gaja e rezo para que nunca se me atavresse à frente, acredita, já passaram tantos anos e quando falo disto até "espumo", mas também jamais admitirei ao meu filho bater num professor. Mas repito, eles que não lhe toquem, eu não o educo assim não admito que outros o façam.

Entendes-me??

Beijoquinha grande

Luz

Geo disse...

LOOL

Justine disse...

concordo...a Ministra da Educação bem merece!!!
Claro que podes linkar-me, obrigada pela visita.

beijo

Jorge Ortolá disse...

Parece que é o que tem acontecido por aí...

BISMARQUES disse...

Como já disse anteriormente quando se falou aqui no assunto a primeira vez, a educação tem de partir de casa, se os pais são mal educados, os filhos seguem-lhe o exemplo!

nena disse...

ó paaaaiii!..compra-me 1 diccionário..(pra quê filho?)..é prá escola..(vai a pé que eu também ía carago!!)

Tiago Carneiro disse...

É uma vergonha!
O que tu dizes aqui a brincar é real!
Isso é que é grave.

Abraço
Tiago

P.S. - ver mais em http://democraciaemportugal.blogspot.com

Catanices muita lindas:

Blog Widget by LinkWithin