07 março 2007

CUSTA...CUSTA...

Sem dúvida que muitas vezes temos que ser o que não queremos ou o que nunca fomos…, a vida assim o obriga. Numa sociedade cada vez mais consumista, cada vez mais materialista, raramente ou quase nunca se olha a meios para se atingirem os fins pretendidos, nem que para isso se tenha que jogar, pisar, aldrabar e muitos outros adjectivos terminados em “ ar “, tudo e todos. De facto a hipocrisia, o cinismo, a falsidade, o tentar colocar as pessoas umas contra as outras quando se sabe que há uma boa relação entre elas, nos tempos que correm apodera-se cada vez mais das pessoas, e, se for necessário passar para trás alguém ou algo, para se ficar numa posição mais cómoda para o objectivo pretendido, seja ele monetário, sentimental ou lá o que for, não se olha para trás, nem a quem, o que interessa actualmente é o bem pessoal, o bem-estar próprio, principalmente melhor do que tudo e todos, pelo menos fazer transparecê-lo, porque em muitos casos isso não passa de uma máscara, uma farsa com capa para tentar mostrar que tudo são rosas. Não estou com isto a querer dizer que as pessoas não deverão fazer tudo o que esteja ao seu alcance para serem felizes, não é isso que quero dizer, é lógico que qualquer pessoa ambiciona e tem todo o direito de querer sempre mais, de atingir outros patamares na vida, de fazer outro tipo de vida, o problema é como consegue lá chegar, de que maneira o atinge, quem se magoa com tudo isso, quem fica para trás com tudo isso. Acho que não deve haver nada pior que se sentir passado para trás, ludibriado até usado, para no fim de tudo uma pessoa se aperceber que de facto tudo não passou de mero aproveitamento, mera curiosidade para ser atingido um determinado objectivo, que mais tarde ou mais cedo vai acabar por se desvanecer, isso sim, dói muito. Infelizmente e actualmente é o que mais se passa e cada vez com tendência a aumentar, porque há muito boa gente, que depois de atingir certos patamares na vida, de praticamente não lhes faltar nada, com ou sem mérito próprio, isso para eles ainda é o que menos interessa, se viram para outras facetas da vida, e interferem elas próprias na vida dos outros, porque tendo tudo na deles ( pelo menos o material ), ambicionam o que de bom existe nas outras vidas, e sem dúvida o bom que pode existir nas outras vidas é mesmo isso, aquilo que no fundo interessa, o Sentimento Puro. Aquilo que falta a muita gente, porque no fundo, no fundo, para essas pessoas, isso, o Sentimento Puro está no patamar abaixo, o de cima está em demasia preenchido com tudo o resto, o aspecto material, o aspecto do interesse, não quer dizer que não tenham sentimentos, que não sejam puros, mas algo lhes diz que o resto é mais importante. Há que gozar a vida da melhor maneira, isso é uma verdade, mas a mim pessoalmente incomoda-me muito como se chega “ ao melhor da vida “, muito sinceramente acho que nem devia valer certas e determinadas atitudes que vemos.
Atenção que eu não sou nenhum santinho, não sou perfeito, antes pelo contrário, infelizmente, mas há muitas coisas que tenho a impressão que era incapaz de fazer com o intuito de obter proveito pessoal para o que quer que fosse, tendo que para isso passar por cima de alguém, no entanto e como comecei este texto, há alturas em que não fazendo parte da maneira de se estar na vida, temos de fazer como vemos fazer, é uma frase que nunca levei à prática, mas… tanta gente o diz “ cá se fazem, cá se pagam… “, nem que para isso tenha que não ser eu.

Foi só um desabafo…, desculpem a seca…

14 comentários:

Diabba disse...

"amigos" desses é o que não falta por aí...

beijos d'enxofre

Mulheka disse...

Cada vez se vê mais disso. Temos que saber passar ao lado e não nos deixar cair em certas ciladas. Vai sendo mais e mais dificil confiar nas pessoas... ou nas pessoas certas. Muitas vezes a nossa pontaria.. aponta para as pessoas errados e só nos apercebemos disso mais tarde. Infelizmente é este o mundo real. Temos de ter o discernimento de filtrar estas pessoas/ situações e seguir com a nossa vida.

O Lobo disse...

É difícil confiar nas pessoas mas na minha opinião devemos sempre acreditar primeiro e desconfiar depois! Se não for assim não vivemos nada porque receamos o mundo e os seres que os habitam.

O que mais me custa é alguém pisar outra pessoa para subir na vida, pensava mesmo que vivíamos todos no mesmo planeta mas para laguns o planeta não é maior que o próprio umbigo.

Essa situação também me revolta, não percebo é porque não revolta assim tanta gente...

alfabeta disse...

Existem pessoas que não dá para se ser amiga nem inimiga.

nena disse...

olha zé, pra essa estirpe de gente, eu canto assim.

E pra que conste na acta á qual presido;
aos montes de merda que engulo,
depois de arrotar,chamo-lhes 1 figo;
ressaltando-se o facto
de não ter prisão de ventre,
deglutindo-se-me o figo
palitando-se-me a graínha do dente.
e a raiva que me arrasta
é esta fome que me desgasta..
Ahh..e gosto de toda a qualidade de figos,
preferencialmente dos maiores.

mymind disse...

por a caso uma das coisas k mais me xateaim eh pexoax interesseiras e falsas! Axo keh ha defeitos e defeitos!
bjitux!

Sandokan disse...

Ó pá vai com calma e faz como o padre de Trancoso. Isto é como dizia o magnata :- "Na vida tudo se compra, menos a honra". O Champallimaud era assim.

Habitua-te a conviver com estas situações e resolve-as a contento.

Olha, vem daí comentar o meu padre no

www.lusoprosecontras.blogspot.com

joaovitor disse...

eh pa isso tá mau... fizes-te bem e esse tipo de gente a melhor arma é a indiferença...

Bruno disse...

Ora ai está uma boa verdade.
Certas pessoas não respeitam ninguém, muitas vezes, nem a elas próprias para atingirem o que querem, ou aquilo que pensão que querem. São pessoas que não conhecemos bem no início e depois a surpresa não é nada boa.
E temos também, aqueles que não o fazem e ficam com a fama de o fazer, também é uma coisa que acontece com frequência, fazem coisas que não são claras à vista de todos e isso pode muitas vezes levar a enganos. A vida é assim, "preso por ter e preso por não ter!".
Nada é justo, temos apenas que aprender a contornar os obstáculos e seguir em frente.

astuto disse...

Muito bom texto. Eu prefiro, muitas vezes, ficar a perder do que buscar aquilo que me é legítimo, para não criar dúvidas...

Cumprimentos.

Dara Martins disse...

Não foi seca, foi uma verdade infelizmente acontece!

percebi-te...

Bjinho pa ti,
DARA

Pips disse...

Ontem passei por cá, mas não tive nem um minutinho para ler o texto. Mas pelo título e a primeira frase, tive de voltar rapidamente para o ler por completo...
Infelizmente, o que escreves acontece mais vezes do que se pensa. E não consigo compreender as motivações das pessoas que o fazem. Eu também quero o melhor para mim mas não é por isso que passo por cima dos outros. Ninguém deve fazê-lo.
E mais vale ser-se indiferente porque, "Eye for an eye and all the world goes blind"
Beijinhos.**

Luz disse...

Os actos ficam para quem os pratica...

Ana disse...

Um desabafo muito pertinente!

Infelizmente, devido ao tipo de empresa onde trabalho, assim como aos altos ordenados que se pagam por lá, tenho vivido e convivido muito com esse tipo de gente.
Desde há 6, 7 anos para cá que tenho assistido ao que de pior pode existir no ser humano ( e não estou a exagerar!)
Não vou repetir todos os exemplos que deste neste teu excelente texto, mas posso-te dizer que conheço todos eles de cor e salteado e poderia acrescentar mais um sem número deles.

Não é a melhor coisa de se dizer, mas infelizmente, hoje em dia, só o lado bom das pessoas me consegue surpreender.

Beijocas grandes!

Anokas

Catanices muita lindas:

Blog Widget by LinkWithin