15 outubro 2007

A CULPA É DO ALBERTO JOÃO JARDIM...

O Madeirense:
Na véspera da sua noite de núpcias, o jovem noivo madeirense escuta os últimos conselhos do pai:
- "Filho, quando entrares no quarto pegas na mulher nos teus braços, porque um madeirense é FORTE!"
- "Depois, atira-la para cima da cama, porque um madeirense é ORGULHOSO!"
- "Depois pões-te todo nu, porque um madeirense é BONITO!"
No dia seguinte à noite de núpcias, o pai pergunta como é que as coisas se tinham passado:
- "Fiz como disseste pai, peguei-a nos meus braços para a levar para o quarto, porque um madeirense é FORTE! Depois, atirei-a para a cama, porque um madeirense é ORGULHOSO! Depois, despi-me completamente, porque um madeirense é BONITO!"
- "E depois?"
- "Depois, bem..., depois bati uma sozinho porque um madeirense é INDEPENDENTE e AUTÓNOMO"
P.S. Sem querer ferir susceptibilidades.

2 comentários:

PTT disse...

Em http://vila-do-paul.blogspot.com/2007/10/nomeaes.html deixei uma nomeação
Abraço

nelson Camacho D'Magoito disse...

Esta é mesmo do catano, catano! Gostei e há muito que não se diz coisa tão certa dos madeirenses e olha que eu sou madeirense, catano. Lendo entre-linhas, está um espectáculo. É verdade, deicha lá as susceptilidades catano.
Nelson Camacho D'Magoito

Catanices muita lindas:

Blog Widget by LinkWithin