03 novembro 2007

QUANDO PRECISAREM JÁ SABEM...

Há pouco tempo, um homem percebeu que havia pessoas dentro da sua garagem, em Lisboa, a roubar. Ligou para o 112, atendeu a polícia, mas disseram que não havia ninguém por perto para ajudar, que mandariam alguém assim que possível. Desligou. Uns minutos depois, ligou novamente e disse: "Olá, eu liguei há bocado porque estavam pessoas a assaltar a minha garagem. Já não é preciso virem depressa, porque eu matei-os". Passado pouco tempo, estavam meia dúzia de carros da polícia na área, uma ambulância e uma unidade do INEM. Os ladrões foram apanhados em flagrante.

Um dos polícias disse: "Pensei que tivesse dito que os tinha morto!", ao que o senhor respondeu: "Pensei que tinha dito que não havia ninguém disponível."
( História verídica )

4 comentários:

Minerva McGonagall disse...

Brilhante!

P.B. disse...

Só mesmo em Portugal! Lol

Lara disse...

olha o caso da Borralheira, vê só como foi assunto de interesse nacional num ápice!
quando se trata de "insignificâncias" fecham os olhos, só gostava de saber quais é que são os critérios de selecção!

bj

Mário Franco disse...

só assim é que talvez alguma coisa funcione neste país...

Catanices muita lindas:

Blog Widget by LinkWithin