21 março 2007

DIA MUNDIAL DA POESIA

Como não gosto de passar ao lado destes dias, aqui vos deixo duas preciosidades do sempre nosso amigo Bocage, esse grande maluco !!!
SONETO DA DAMA CAGANDO
Cagando estava a dama mais formosa,
E nunca se viu cu de tanta alvura;
Porém o ver cagar a formosura
Mete nojo à vontade mais gulosa!
Ela a massa expulsou fedentinosa
Com algum custo, porque estava dura;
Uma carta d'amores de alimpadura
Serviu àquela parte malcheirosa:
Ora mandem à moça mais bonita
Um escrito d'amor que lisonjeiro
Afetos move, corações incita:
Para o ir ver servir de reposteiro
À porta, onde o fedor, e a trampa habita,
Do sombrio palácio do alcatreiro!

SONETO DO CARALHO APATETADO
Fiado no fervor da mocidade,
Que me acenava com tesões chibantes,
Consumia da vida os meus instantes
Fodendo como um bode, ou como um frade.
Quantas pediram, mas em vão, piedade
Encavadas por mim balbuciantes!
Ficando a gordos sessos alvejantes
Que hemorróides não fiz nesta cidade!
À força de brigar fiquei mamado;
Vista ao caralho meu, que de gaiteiro
Está sobre os colhões apatetado:
Oh Numen tutelar do mijadeiro!
Levar-te-ei, se tornar ao teso estado,
Por oferenda espetado um parrameiro.

Se quiserem mais há aqui muitos.

9 comentários:

Belzebu disse...

eheh!! Cum catano, este Bocage era danado prá brincadeira!

Saudações infernais!

Ana disse...

E que preciosidades! Viva a poesia! Ahahhaha!

Beijocas,

Anokas

toque sensual disse...

Loool...
Este Bocage gosta tanto ou mais do que eu hehehe....

Beijinho Doce...

Astray disse...

Pois infelizmente não são estes os poemas de Bocage que são analisados na escola, se isso acontecesse teríamos de certo um Portugal mais conhecedor da sua história poética!

Greets...

Alexandre disse...

Se o Bocage vivesse agora de certeza que tinha um programa de TV dele, tipo Gato Fedorento...

Topo de Gama disse...

JMB era um poeta mt brejeiro nao??? Tipo um quim barreiros sem acordeao!! :D

Mas va lá!! Era poeta!! E escrever sobre coisas invulgares mas rotineiras, é sp uma opçao valida...

Sera ke o gajo teria um blog??

nena disse...

sou um bacio sem fundo
onde caga todo o mundo
sou uma sanita já usada
onde a merda nunca acaba
sou um urinol fedorento
onde se caga e mija a qualquer momento
sou uma fossa cheínha
a abarrotar de caquinha
sou um cagalhão divinal
que a dez metros cheira mal
sou uma bosta reluzente
mas que agrada a tanta gente
e se da merda se faz o ser
hei-de ser merda até morrer
é que na merda me puseste tu,
mas maior que o teu
só o meu
cu.

peace_love disse...

hehe

Anónimo disse...

bom comeco

Catanices muita lindas:

Blog Widget by LinkWithin